Rua Francisco Marto, 59 2495-448 Fátima
(+351) 249 530 170
reservas@hotelsantoamaro.com
Reservar já
História do Santo Amaro
História do Santo Amaro

História do Santo Amaro

O importante percurso de Santo Amaro começou aos seus 12 anos idade, quando sai de Roma, por vontade dos seus pais, para o monte Cassino.

Nascido em Roma no século VI, a 15 de Janeiro, o também conhecido por Mauro, era filho do senador romano Eutichio.

Já aos cuidados de São Bento, fundador da Ordem Beneditina, são-lhe verificadas inúmeras qualidades e em pouco tempo torna-se o braço direito do seu mestre.

Sendo considerado por muitos como um exemplo a seguir, São Bento atribui-lhe a responsabilidade de trabalhar na escola de Jovens do Mosteiro de Monte Cassino.

A certo dia, São Bento teve a visão que Plácido, colega de Santo Amaro, se estava a afogar e num instante, com a graça de Deus, caminha sobre as águas sem se afundar, recolhe o seu irmão religioso. Tudo isto aconteceu sem que o Santo se apercebesse que tinha saído de terra firme.

Legitimo sucessor de São Bento, foi responsável por espalhar a fé da Ordem dos Beneditinos na França, conhecida como Gália na época. Ainda hoje podemos observar as flores de Liz no seu escudo, simbolizando a introdução desta ordem neste país.

Geralmente a sua imagem representa Santo Amaro com um livro na mão (a regra de São Bento ou estatutos da ordem) e vestido com hábito e capuz.

Padroeiro dos ferroviários, foi um homem casto, humilde, caridoso e muito devoto aos Estatutos da Ordem, sendo invocado para a cura de doenças como reumatismo, dor de cabeça, paralisia e gripes

Leave a Reply

Seu e-mail (obrigatório)